AMCL - ACADEMIA MUNDIAL DE CUTURA E LITERATURA E A SUA HISTÓRIA

Este vasto novo mundo virtual proporcionou a chance de se concretizar muitos sonhos e anseios de seres que vivem a por no papel e em espetaculares obras primas verdadeiras psicografias de suas almas. Assim como a outros com suas belas telas e lindos rabiscos, alguns com suas composições e muitos outros artistas, em diversas áreas, que viviam a margem de seus pares e do mercado.

Em meados de 2005 um destes artistas, quando ainda funcionário publico da Imprensa Oficial, ao ter a chance de usar a Internet começou a se interessar timidamente em postar alguns de seus escritos a titulo de curiosidade culminando em ter seu próprio site em 2009 e ficou pasmo ao receber um relatório e ver seus escritos estava sendo visto em diversos países, veio estudando o assunto e postando já em diversos grupos e páginas que começaram a surgir a partir do mesmo ano.

Em maio de 2015 uma amiga e grande poetisa, Elair Cabral, o apresentou a uma Academia Virtual de Letras, onde foi aceito, mas ele queria mais e aceitou a pedido da Presidente da Academia a registrar a mesma e ai nasceu a primeira academia de letras virtual totalmente registrada, onde ele introduziu no estatuto a figura do acadêmico estrangeiro, ou seja, já pensando em ter nesta academia uma aglutinação de escritores, poetas e poetisas do mundo todo, mas infelizmente o projeto não foi adiante.

Solidário a ele, as poetisas Cidinha Almeida e Geilda Carvalho pediram para sair da academia também. Porém o sonho de juntar neste vasto mundo virtual artistas do mundo todo, quase que anônimos ou não, persistia e, por influencia de Cidinha Almeida e Geilda Carvalho e mais uma boa dezena de outros poetas e poetisas que o empurraram a montar outra academia virtual. Sendo ele titular de uma comunidade de artes em geral, que lhe foi presenteada por uma grande poetisa amiga Sonia Son dos Poemas, com o nome de PAPO DE BOTEQUIM COM POESIAS & MPB, onde se posta artes em geral e teve um estrondoso sucesso, aceitou a empreitada dada a eles pelas amigas. Mas ele não queria apenas uma academia literária e sim uma onde artistas do mundo todo e de todas as áreas pudessem atuar e levar ao mundo todo as suas obras, onde os amantes das arte também pudessem atuar com seus comentários e criticas construtivas.

Assim nasceu a AMCL Academia Mundial de Cultura e Literatura, onde o idealizador pensava em não conseguir 21 acadêmicos iniciais quando começou a convidar em 22 de agosto de 2016, porém já na segunda semana de convites teve que aumentar para 28, depois 35, 50 e finalizando com 100 cadeiras ocupadas e mais de uma dezena de pedidos pendentes, isso só de escritores, poetas e poetisas. No aguardo ainda tem mais umas duas dezenas de artistas de diversas áreas que serão bem vindos e serão acadêmicos honorários que pelas suas peculiaridades de postagens não tem dias oficiais para postar, mas tem os mesmos direitos e deveres dos acadêmicos literários titulares de cadeiras podendo, inclusive, fazer parte da direção da AMCL Academia Mundial de Cultura e Literatura, pois nela todos são iguais e todos tem o mesmo peso. Sem donos e sim confrades e confreiras que trabalham em prol de um bem comum: divulgar as artes em todas as suas formas.


"Só a arte em todos os sentidos é capaz de unir os povos em prol da paz."

Djalma Pinheiro.

Foto: FLORÊNCIO - Livros de arte - Óleo sobre tela