Cadeira 109 Honorário - Daniel Souza


Daniel Souza, Nascido em são Leopoldo Rio Grande do Sul, em 17/11/1982, Casado, pai de três filhos. Consultor do ramo imobiliário, Escritor, Compositor e Poeta. Começou a escrever aos 16 anos, parando para prestar o serviço militar obrigatório, Retornando a literatura aos meus 28 anos. Tem o apoio irrestrito da minha esposa para não desistir de seus sonhos. Sua alma é a literatura. Quer deixar um legado literário para os que ama com sua rimas, pensamentos. Quando escreve sai do real para o mundo encantado. Escrever não é só escrever, mas a magia das palavras que o faz viajar em cada letra, ponto e em cada vírgula. Se sente inspirado a produzir algo relevante que possa me conduzir a meu sonho de publicar de publicar um livro. São algumas das razões que o fazem amar a escrita. "A humildade é uma ferramenta que todo poeta, traz consigo em seu caminho." 




Leveza n'alma

Quero a cabeça cheia de flores
E o sorriso com muito mais cores
Para afastar todos os temores
Que tentam invadir o meu coração.

Quero a mente a florir fantasias
Poder voar nas asas das poesias
Para renovar sonhos e alegrias
E deixar reflorir o meu coração.

Quero os olhares com mais sentimentos
Para neles decifrar meus pensamentos
Nesta alegria de viver momentos
Que eternizam com amor meu coração.


Homenagem as mães
Mãe cadê você ?Que saudade! O tempo passou e nos separou .
Mãe ,já tive muita dor ,e quanta dor !
Por que tem que ser assim ?Quantas vezes chorei por teu colo amado, e em soluços eu implorei por ti .
Hoje vejo o quanto faz falta o teu colo
materno ,saudade dos teus cafuné.
Saudade das broncas e de cada tapa .
O tapa da vida dói bem mais bem mais ,
a vida é mais cruel ,e muito dolorida .
Mãe hoje fiz de tudo para te dar orgulho .
Mas mesmo assim ,longe está quem sabe em outra vida, possa ser diferente.
Mas nesta vida ,todo dia imploro a Deus pelo teu amor .
Imploro a Deus por tua mão sobre meu rosto ,e teu abraço forte .
Com lágrimas escorrendo, escrevo a ti com dor enorme na alma .
Te agradeço pelo pouco tempo que tive com você ,por tudo que me encinou.
Cada passo que dei até aprender ,tuas verdades na vida para hoje ser quem sou .
Um grande pai ,e homem responsável de caráter.
Sou o que sou, aprendi na dor da vida mas ela não ensinou o que tuas palavras me fizeram chegar onde estou.
Quero te agradecer mesmo longe, por tudo que fez por mim ,pouco e muito em tão pouco tempo .
Te amo eternamente, mãe !Por teu pouco tempo para mim ,mas o mais lindo e forte que já tive .
Obrigado por tão pouco tempo que me fez tão feliz ,e eu só com o tempo vi
obrigado ,
Mãe
Daniel Souza 


Minha lembrança

Não é sobre ter todas as pessoas do mundo para si.
É saber que em algum lugar, alguém pensa em ti.
É sobre poetizar e poder ver mais do que a própria poesia,
se espalhando em um sopro ao mundo.
É poder se sentir no infinito.
Num universo tão vasto e bonito.
Então vale a pena escrever
cada verso de poemas e acreditar,
que se multiplicará nos corações do mundo.
Não é chegar no topo de tudo e saber que venceu ,
Mas sim saber que fez algo lindo neste mundo.
É sobre sentir que o caminho te fortaleceu
E cada verso foi visto.
É sobre ser amado e também ser lembrado em outros corações.
E assim é ter multidões contigo em todas
Poesias feitas com todo carinho.
A gente não pode ter tudo,
mas podemos dar ao mundo um pouco de carinho.
Qual seria a graça do mundo se fosse sem rimas?
Por isso eu prefiro sorrisos e versos lindos.
É os dons que a vida trouxe para perto de mim.
E sim ,sobre cada momento, sorriso a se compartilhar,
Lendo um pouco de minhas artes que escrevo no ar.
Também não é sobre correr contra o tempo para ter sempre mais.
Mas sim ,ser lembrado por anos luz depois que eu me for.
Porque quando menos se espera, a vida já ficou pra trás .
E meus versos ficaram guardados em cada coração pelo mundo a fora.
E a gente, é só passageiro prestes a partir.
O tempo é curto mais algo de mim deixarei ao mundo :
Poesias , poemas , canções .
Feitas de tudo um pouco para cada um de nós .
Feito por alma levado para todos corações reais.
Daniel Souza


Sem você
Sem você sou nada,
Nada num vazio.
Volta e trás minha felicidade,
Volta ao que era lindo.
Lindo no amar com fervor,
Fervor do calor da paixão.
Paixão que virou amor,
Amor que um dia me deu.
Deu com tanto prazer,
Prazer em me beijar rindo com alegria.
Alegria de estarmos sempre juntos,
Juntos e abraçados eternamente.
Eternamente que ficou pra trás,
Traz de volta essa chama do nosso amor.
Amor que faz eu viver intensamente pela vida afora,
Vida que agora não tenho mais coragem de encarar.
Encarar com vontade
Num grito de ferocidade,
Ferocidade que ficou longe de mim.
Agora sou só agonia, tristeza.
Sem vontade de nada.
Nada quero mais nessa vida, do que teu amor por mim,
para viver.
Daniel Souza 


Uma história pra sonhar
(Música).
Há uma chance da gente se amar de novo. Há um lugar encantado ,em algum lugar. Quando homem e mulher se amam num olhar .
Não há nada que os separe.
Há uma ilha linda que um de nós vai ter que achar .
Há um amor que ninguém vai impedir. Quando homem e mulher amam de verdade.
E fácil viver lindamente há uma emoção Onde o amor tem parada certa pra ficar .
Tô na saudade te esperando pra voltar .Pra poder ir numa ilha encantado pra sonhar .Pois é só assim que se pode amar.
Há uma história encantada de amor esperando pra ser contada pelo coração. Eu estou sonhando loucamente aqui, só querendo que você vem pra me amar .
Quando o amor de uma mulher ama , o amor em um homem tem tudo de precioso para segurá-lo .A história está aberta para o sonhar em seu coração.
No ofegar de um beijo nós queimaremos no calor do amor .
Refrão
Vai vir um momento, meu amor, quando a história terminar .Eu no teu amor é você no meu .
Eu preciso demais do que apenas um sonho .
Pra contar esta história encantada,
apenas tentando tocar as estrelas para tocar você.
E te amar numa ilha linda encantada
Só você e eu .
Daniel Souza compositor




Vivo Por Ela
Um poema contado para um amigo.

Vivo por ela, você sabe meu amigo.
A primeira vez que eu a encontrei,
me lembro como se fosse hoje.
Ela entrou em mim e permaneceu aqui.
Vivo por ela, porque faz
brilhar forte a minha alma,
Vivo por ela, e não é um termo.
Vivo por ela, por que a amo muito,
e tenho ciúmes.
Ela é o meu sonho de tudo .
Têm uma necessidade sempre acesa
na sua alma, de dizer te amo.
Para quem era sozinho, e agora sabe
que este sonho se tornou realidade.
É uma musa que me convida,
A tocá-la com os dedos
Em um piano,
Nota por nota suavemente.
Eu vivo por ela,
Por que ela é o meu desejar.
Vivo por ela, por que muitas vezes sabe
ser doce e sensual,
Algumas vezes tem tanto amor , que me sinto tão seguro.
Vivo por ela, por que eu sei que me faz
viajar nos céus.
Igual ao seu amor, eu nunca encontrei antes .
Vivo em felicidade por ela,
Com prazer extremo cresce
cada dia mais o meu amor.
Vivo por ela, em uma canção feita de alto grau de amor.
Através da sua voz, tão carinhosa e doce,
Se expande e produz amor
dentro da minha alma.
Vivo por ela, e nada mais eu temo .
Do que não tê-la em meus braços.
Que, como eu, tem escrito no rosto:
Minha alegria de amar tanto alguém.
"Eu vivo por ela"
"Eu vivo por ela"
E grito isto dentro de mim todo dia.
Em cima de um palco ou de uma montanha .
Vivo por ela, até o limite,
Até mesmo num amanhã árduo,
Vivo por ela até nos sonhos.
Todo dia, uma conquista,
e protagonista sempre é ela.
Vivo por ela, porque agora
Eu sei o que é o amor de verdade.
Porque, você sabe, a música
É algo que verdadeiramente nunca traí
um coração que já sofreu .
Vivo por ela, porque ela me dá
Pausas e notas com liberdade,
Se houvesse uma outra vida, eu a viveria
de novo com ela , ela faz canções
Dentro de minha alma.
Vivo por ela, a música
cheia de poesias belas.
"Eu vivo por ela"
Vivo por ela, ela é única.
Que faz dentro de mim a mais bela ópera
Majestosa já cantada.
Daniel Souza


Apenas um garoto
Sou apenas um garoto e tenho na alma, tanta harmonia!
Sou chamado de poeta pelo que escrevo.
Poemas com ou sem rimas, faço com grande harmonia.
Escrevo o que vai saindo do coração no momento de cada escrita.
Belos poemas intensos, alegres, harmoniosos, sexys e tristes.
Sou apenas um ser que expõe seus sentimentos em papéis.
Tão livremente e certo do que eu escrevo com grandeza.
Sou apenas um garoto cheio de carinho por minha arte divina,
Sou a rima com reflexão da minha alma linda.
Quem sabe um dia os meus poemas ou poesias, ao mundo encantarei!
Mas vou indo, escrevendo com amor e com grande sabedoria, com tanto carinho a cada rima.
Meus versos são apenas o clamor da minha alma no momento.
Sou apenas um garoto que aprendeu à rimar com leveza para dar ao mundo, a certeza de minha alma linda,
Sou a pena da asa de um anjo que Deus usou para escrever com ou sem rima, poemas ou poesias,
Para usar neste mundo,
Para compartilhar o amor de uma alma culta e bela,
Trazendo alegria em cada verso lido, nos corações de quem lê.
Daniel Souza 


O menino e o amor .

Por céus e mares andei,
Virei poeta e escritor
Na esperança de ensinar
O que é o amor.
Ninguém sabia me dizer.
Eu já queria até chorar,
Quando uma criança
Com uma flor na mão se aproximou.
E assim falou:
O amor é o carinho,
A esperança,
É o espinho que não se vê em cada flor,
É a alma quando chega chorando
Aberta em pétalas do amor,
Pedindo consolo pela dor.
Amor é o que está faltando no mundo,
União e gratidão em tudo,
Amor em ser humilde na alma e,
usar as palavras sem causar dor,
Sem ferir a nenhum coração.
Daniel Souza