Cadeira 22 - Eudália Martins


Eudalia Martins, nasceu no interior de São Paulo - Brasil. Começou sua carreira como escritora ao acaso. Escrevia seus pequenos textos desde muito jovem. Como dizem era uma escritora de gaveta. Até que um dia sua nora Maria veio descobrir, no mesmo dia participou de um Sarau com seus filhos e nora. Dai então não parou mais... Agora está com um livro solo... Murmúrios de um coração apaixonado. Participação em 29 antologias. Participa de vários sites no Faceboock e entre eles Recanto das letras. Prêmio: Jacy Danadio / Casa de Cultura Santo Amaro / Mercado das Letras. Certificado premiada CONTANDO UM CONTO / Certificado de participação do Primeiro Sarau da EMEF. Dona Chiquinha Rodrigues.



TUDO EM MIM!

Tudo em mim se chama saudades
Saudades do tempo de criança
Onde podia brincar na rua com outras crianças.
Brincava sem nem uma preocupação,
Como gostava de jogar uma bola,
Como brincar de amarelinha.
Tudo isso ficou na memoria, ainda jovem.
Adorava ir dançar no clube, me via sempre.
Rodeada de amigos e admiradores,
Tempo bom, mais o tempo passa e eu aqui.
Com minhas saudades.
Saudades dos amigos que com o tempo acabamos
Por perder, mais ficam sempre em nossos corações.
Chegando o natal, ai sim a saudades aumenta,
Nesta época via meus pais preocupados o que poderiam
Dar para mim e minha irmã mais posso dizer já éramos
Grandinha mais ainda aceitava a ideia do papai Noel.
Mamãe cuidava da ceia de natal que delicia de guloseimas
E hoje sós saudades!


QUANDO DIGO!

Quando digo que te amo
Digo com todas as letras
Sem medo de errar.
Amo te quando me olhas
Com aquele jeitinho malicioso, dengoso.
Amo te quando me abraça como um laço
Amo te de todas as maneiras possíveis,
Mesmo quando não estas por perto.
Pois posso afirmar
Teu cheio permanece
Nos meus lenções
Nos meus travesseiros.
Por tudo isso, digo com todas as letras,
Amo te quando estas ao meu lado
Ou mesmo quando esta ausente
Pois sua imagem está sempre presente.


HOMEM!

Homem este teu jeito meigo e carinhoso,
Faz me sentir a mulher mais feliz do universo,
Sinto em suas atitudes o homem que sempre desejei.

Quando olho em teus olhos vejo o amor que sentes por mim

Seu jeito de falar manso e meigo deixa-me assim.

Toda sua... Entregue há esse amor tão bonito,
Mas quando não esta aqui comigo
Sinto uma dor no coração, a saudades de você!


HOJE VOU SAIR....

Hoje vou sair por ai
Sem destino certo, vou caminhando,
Sem presa passo a passo.
Olho para os lados e para frente e o
Que vejo são pessoas apresadas e
Notasse estressadas.
Mais eu hoje estou assim livre e solta
Como os passarinhos daquela praça.
Cantarolando e brincando com as pedrinhas
Que vou encontrando pelo caminho.
Vejo que e primavera, pois as flores.
Estão lindas, coloridas um misto de cores.
Que nos encanta.
E assim vou caminhando sem presa,
Hoje tirei o dia para mim sem preocupar
Com mais nada.


Renascer!

Renascemos a cada dia
Que acordamos.
A cada momento que olhamos
Pela janela e avistamos um lindo
Sol pela manhã.
Renascemos a cada momento que
Podemos abrir os olhos e ver o sorriso
De uma criança.
Ou mesmo ao sentir o aroma primaveril
Das flores ainda orvalhas pelo sereno
Da madrugada.
Sim renascemos ao levantar as mãos
E agradecer um novo amanhecer.
E disser sempre obrigada pela vida
Obrigada por mais um dia de trabalho
Obrigada pelas dificuldades que terei que vencer
Mais uma vez renascemos...
Porque estamos vivos!


SENTIMENTOS!

No silêncio do meu quarto
Olha que vejo aos pouco voltar
Ao passado.
Momentos em que em seus braços
Tornava-me sua deusa sua rainha.
Eram momentos de entrega total
Sentia amos dono absoluto do momento.
Éramos dois em um só desejo de amor eterno
Nossos corpos se entrelaçados como se
Não quisesse se deixar, até parecia ser a ultima vez.
A felicidade era tanta que chegava dar medo
Mais um amor assim fica... E fica para sempre
Em nosso coração.
Hoje aqui estou a recordar... Que saudades.
Sentimentos!

Eudalia Martins...


Sinta O VENTO: SINTA A BRISA!

Sinta o vento, em suaves afagos,
tocando teu rosto, rosando teus lábios...
Sinta o vento desfazendo teu penteado!
É meu amor tão distante, acariciando teus cabelos...
Sinta o vento rosando teus lábios,
é meu amor distante,
beijando-te suavemente!
Sintam nos afagos da brisa,
os carinhos de tua amada!
Sinta o vento, tornando-se ventania,
desabotoando a tua camisa,
brincando com os pelos de teu dorso...
É meu amor que na distância,
te deseja e te acaricia!
É meu amor que só em você se realiza!
Sinta o vento...
Sinta a brisa!

Eudalia Martins


VOCÊ E LUZ E CALOR!

Você e a luz dos meus dias
O consolo das minhas noites
Vazias
Minha doce melodia
Você e a razão do meu sorriso
Do brilho do meu olhar
Da minha vontade de viver
Assim como a primavera
Como a mais bela das
Flores do jardim
Em plena primavera
Você e assim
Luz Calor e Emoção
Para o meu viver.

Eudalia Martins...


VIDA E AMOR!

Vida e amor encontram-se por todo lados.
Basta que possamos olhar
olhar sim para o céu e ver a beleza.
O céu com seu azul,
ou o céu com seus raios dourados pelo
sol que nos aquece.
No céu podemos apreciar as estrelas,
a lua, em suas noites de luar.
Bem, e como é bom poder andar nas matas.
Com suas enormes árvores milenares,
as flores silvestres, nossa como é lindo!
As cachoeiras com suas águas límpidas
que chegam ficar transparentes.
A vida é bela, só depende de nós mesmos
poder e apreciar suas inúmeras belezas.
Mas mesmo daqui da minha janela,
posso ver a beleza do jardim todo colorido
pelas belíssimas rosas, camélias e o jasmim.
Que exalam um perfume que nos convida a um
passeio entre as flores
entre as borboletas
e os pássaros.
Tudo isso é vida e amor.

Eudalia Martins...


ASSIM CAMINHO..

Assim vou caminhando por estrada
Muitas vzes desconhecidadas por mim
Sempre na esperança que em algum lugar chegar.

E neste momento poder me sentir acolhida
Protegida por algo do infinito... Um anjo talvez
Sei que vou encher meu coração com a calma necessária.

Meu coração clama pergunta
Mais muitas vezes ficam no ar sem resposta
Seria por ser um ser pecador, serei eu o único.

Não... Tenho certeza que hoje ou amanhã
Terei a resposta que tanto almejo escutar
Pois os ventos da felicidade há de soprar o som da resposta.

Eudalia Martins...


Aos queridos amigos
passando para desejar um Feliz Ano Novo.
Que possamos estar sempre unidos
na literatura, e na amizade.
Paz E Amor á todos são meus sinceros desejos... 


MINHA ALMA!

Abro as porta da minha alma
E encontro com a saudade
A saudade que ficou com sua partida.
Momentos vividos...
Momentos que por alguns motivos
Deixamos de viver.
Hoje aqui no meu coração a saudade fez morada.
Vivo dos momentos que fomos uma só pessoa
Um só coração que batia no mesmo conpaço.
Hoje esse coração bate lentamente sem
O toque da nossa sintonia.
Minha alma chora sua falta.


SILENCIO!

Hoje amanheceu, mais um silencio...
Como a muito não se via.
Os passarinhos não vieram cantar
Em minha janela.
As crianças que costumam brincar
Em frente ao meu portão também
Não apareceram.
O senhor que sempre passa oferecendo
Algodão doce também não viu.
Silencio total estranho.
Acostumado com tanto barulho logo
De manhã!
Bem vamos esperar...


SER CRIANÇA!

Ser criança e poder brincar
Sem se preocupar com nada
Poder sujar as mãos
Sujar as roupas
E até sujar a casa.
Esse e melhor tempo, pois até nesta travessura.
Os adultos acham graça.
Já reparam na carinha de uma criança
Tomando sorvete de chocolate
Fica uma gracinha.
Fazer do papai ou da mamãe de gato e sapato.
Bem tudo isso e muito engraçado
Mais não vamos exagerar.
Chega uma hora que tem que parar.
Ser criança e muito bom, mais o tempo passa rápido.
O melhor e aproveitar mesmo.
Ser criança!


DA MINHA JANELA!

Como e bom poder abrir novamente
Minha janela.
E poder sentir o aroma primaveril
Poder ver a luz do sol há nos aquecer.
Da minha janela, avistar um novo dia.
Um novo amanhecer que promete
Ser um dia feliz, com mais alegria no coração.
Xó tristeza basta.
Hoje quero sorrir das coisas mais sem graça
Olhar de frente e ver que tudo passou,
Viver e viver sem sofrimento basta acabou.
Da minha Janela!


AO SOM DE UMA FLAUTA!

O som de uma Flauta despertou-me
Em meio minha solidão
Em que me encontrava,
Aquele lindo som foi aos pouco me
Trazendo a calma que tanto almejava.
E assim fui sentindo como e bela a musica
Ai ficou curioso, olhando de um lado para outro.
A procura quem seria este musico tão talentoso
De repente um belo rapaz foi surgindo
Ao meu encontro.
E assim tocando sua flauta foi chegando,
Sentou-se ao meu lado olhando-me com seus
Lindos olhos negros.
E foi assim de repente deu-me sua mão
E saímos andando, não precisou falar.
Entendemos-nos só no olhar.
Ao som de uma flauta!

Eudalia Martins...


TINHA QUE SER ASSIM

Caminhos nos levam por estradas diferentes,
Vidas vividas que já não vivemos...
O tempo é implacável!
Que distancia seres
Ou momentos vividos,
No agora distante...
Olhamos a nossa frente,
E nada encontramos...
Ficam os desejos que outrora vivemos!
Mas o agora se faz um vazio,
Olhamos a nossa volta,
E fica só o desejo!
O desejo de nos reencontrar,
Algo que venha preencher o vazio...
Talvez algo que se tenha vivido,
Que outrora nos fazia feliz,
Era só naquele momento!
Tinha que ser assim...
_ Prá gente aprender a se reinventar!

Eudalia Martins...


Hoje... Saudade...

Amor, pequena palavra
que nos lábios da pessoa amada
soa grande,
tão grande quanto o universo...
Grande como o oceano,
com suas gigantescas ondas...
Grande como um céu cheio de estrelas,
que nos ofusca o olhar com seu brilhar!
E este amor te dedico de corpo e alma...
Amo você e te necessito,
tanto quanto o sol, o dia a noite...
Pois você é tudo pra mim...
Venha amor me traga a vida...
Traga-me a vida pois sem ti eu não vivo...
Quero-te, preciso-te,
não me negue seu amor,
pois você sabe que minha vida
não tem sentido sem o seu amor!

Eudalia Martins...


MENINA DENGOSA!

O mar se agita quando te vê

menina dengosa.

Ah! O mar te aplaude agitando

suas ondas, quando nas areias brancas

veem-te pisar.

Com seu jeitinho delicado pisando devagar

como se não quisesse sujar os pesinhos.

O mar com seus mistérios assim pensam:

"Deixa sujar os pesinhos, pois aqui estou.

com minhas águas límpidas e tranquilas

para te acolher e assim seus pesinhos banhar.

Venha minha menina, deixe que minhas ondas

Possam acariciar seus pesinhos.

E assim vou ficar admirando esta escultura

que Deus um dia esculpiu."

Menina dengosa vai caminhando pela areia branca.

E o mar a admirar.

Eudalia Martins...


COMO DIZER QUE TE AMO!

Como dizer que ti amo
Sem ezaltar o perfume
Que ezala este corpo moreno...
Da cor do pecado!
Como dizer que ti amo
Sem ezaltar esse seu olhar,
Um olhar profundo!
Que penetra todo o meu ser
De mulher!
Como dizer que ti amo
Sem ezaltar essa sua boca,
Boca que me alucina,
Boca do pecado!
Esse pecado que quero pecar...
Amor eu te desejo,
Quero me entregar,
Sentir o teu amor
Em sua total plenitude!
Como dizer que ti amo...
Sem te amar?

Eudalia Martins